quarta-feira, 7 de junho de 2017

Como Aguardar a Volta de Jesus - 04/06/2017

     Sermão proferido pelo Pr. Edson Rosendo, no domingo, Dia do Senhor, 04/06/2017, do púlpito da Igreja Batista da Graça em Caruaru - PE.

OUVIR ou BAIXAR

Esboço da Pregação:
Tema: Como Aguardar a Volta de Jesus
Texto base: 2 Pedro 3:14-18


      1) Vivendo em santidade
          * Diante de Deus;
          * Diante dos homens.

      2) Vivendo apegado às escrituras
          * Crendo nela;
          * Estudando-a.

      3) Vivendo em vigilância
          * Atento aos falsos mestres;
          * Atento ao crescimento pessoal.
__________________________

REFLEXÃO: Os Desafios do Novo Ano da Igreja
     Desenvolver-se é necessário! Se por um lado nos alegramos com a presença de bebês em nossos lares, por outro, vibramos a cada nova conquista de seu desenvolvimento para outras fases como ser humano: a deglutição, a fala, o andar… todos esses e outros aspectos alegram os familiares, principalmente os pais, por verem que seus filhos estão crescendo com saúde. 
     Assim também acontece com a Igreja. Deus não somente se alegra com o surgimento de um novo rebanho, mas também com o desenvolvimento deste ao longo dos anos, em santificação. A igreja batista da graça completou o seu segundo ano de existência e, neste terceiro, seus desafios serão maiores à luz da Palavra de Deus. É preciso apegar-se mais firmemente às sãs doutrinas, à comunhão, ao partir do pão e às orações, para que estejamos bem alicerçados na fé a qual fomos chamados pelo Senhor Jesus. 
     Quando vierem as provações (porque elas certamente virão), que estejamos fortalecidos na Rocha e prontos a darmos razão da esperança que há em nós. Se formos ultrajados pelo nome de cristãos, que nos jubilemos diante do Senhor por sermos dignos de sofrermos afrontas por este Nome. Se virmos nossos irmãos tropeçarem ao longo do caminho por este deserto, que possamos ajudá-los a levantar, tendo a Palavra de Deus como nossa diretriz de fé e prática. 
     E nunca nos esqueçamos de sermos sal e luz neste mundo que jaz em trevas, sempre prontos a sermos como candeias que brilham nos lugares mais altos, refletindo Aquele que nos salvou e nos conduziu ao Seu corpo: a Igreja. 
     Que desenvolvamos com diligência cada vez maior a nossa salvação, e o nosso Deus não só nos capacite para tal, mas se alegre em Sua obra em nós, para a glória dEle.
Pr. Edson Rosendo
Igreja Batista da Graça em Caruaru-PE

terça-feira, 6 de junho de 2017

O Contraste Entre os Homens dos Últimos Dias - 21/05/2017

     Sermão do Pr. Edson Rosendo, no domingo, Dia do Senhor, 21/05/2017, proferido do púlpito da Igreja Batista da Graça em Caruaru-PE.

OUVIR ou BAIXAR

ESBOÇO DA PREGAÇÃO:
Tema: O Contraste Entre os Homens dos Últimos Dias
Texto base: 2 Pedro 3:1-13


     1) Os escarnecedores dos últimos dias
          * Escarnecem das promessas de Deus;
          * Esquecem que a criação surgiu pela Palavra;
          * Esquecem do juízo de Deus no passado;
          * Desconsideram o juízo de Deus no futuro.

     2) Os crentes dos últimos dias
          * Lembram que Deus não conta o tempo como os homens;
          * Lembram que Deus é pontual;
          * Creem que Deus destruirá a criação com fogo;
          * Lembram de viver em santidade.
____________________________

REFLEXÃO: O Dever Cristão de Orar Pelos Governantes
     Deus é justo juiz! Embora a sua misericórdia seja longa para com os filhos dos homens, todos os nossos atos passam pelo juízo divino. 
     Os atos dos eleitos estão em Cristo Jesus. Ele pagou o Alto preço sendo o Justo e o Justificador do Seu povo. 
     Os atos dos ímpios, porém, recaem sobre eles mesmos. E este juízo pode ser imediato, após algum tempo ou somente na ocasião do juízo final, no inferno. Temos visto em nosso país, uma grande assolação por causa da corrupção que grassa em nossos governantes e, sem dúvida, podemos inferir que estes acontecimentos não estão impunes ao juízo perfeito de Deus, quer sobre Cristo, quer sobre eles mesmos. 
     Porém, isto não diminui a nossa responsabilidade de, como cristãos, orar pela nossa nação e exercemos as nossas obrigações enquanto cidadãos guiados pela Palavra da Verdade. Aliás, se há um povo cuja responsabilidade é maior sobre a nação, é a Igreja, pois esta é governada pelo Soberano Senhor e possui em mãos a regra de fé e prática pela qual todas as áreas da nossa vida devem ser regidas, incluindo as questões políticas. 
     Não se furte o privilégio e dever de orar pelo Brasil (sempre e sem esmorecer), pedindo a justiça de Deus sobre os nossos governantes corruptos, mas ao mesmo tempo clamando a Sua misericórdia sobre esta nação, pois é certo que, a oração do justo pode muito por seus efeitos. 
     Que Ele tenha piedade do Brasil.
Pr. Edson Rosendo
Igreja Batista da Graça em Caruaru-PE