terça-feira, 6 de abril de 2010

Deus, o Juiz

O fato do cristão poder enfrentar o dia do juízo seguro do conhecimento de que não será rejeitado, não significa que ele deve pensar no juízo em termos de uma entrega gloriosa de prêmios.
É uma segurança considerável o fato de que não compareceremos diante de nenhum outro tribunal a não ser o de nosso redentor.
O que o homem cospe contra o céu, cai de volta em seu próprio rosto.
O dia do juízo é remoto, teu dia de juízo está perto.
No mesmo instante em que a morte nos deixa o juízo vai nos encontrar.
O céu ficará cheio com os que tiverem praticado boas obras e o inferno com os que pretenderam praticá-las.
O Senhor tem um cetro de ouro e um bastão de ferro; os que não se curvam diante de um, serão quebrados pelo outro.
O inferno é a verdade percebida tarde demais.
Mesmo que um pecador condenado pudesse chorar um oceano inteiro, todos esses oceanos jamais extinguiriam uma centelha do fogo do inferno.
Cristo não precisa aplicar nenhuma outra pena contra uma alma que o rejeitou a não ser condená-la a ter o que deseja.
Os perdidos sofrerão eternamente para satisfazer a justiça, mas jamais conseguirão.
Os homens podem apressar-se para a perdição com o nome de Jesus nos lábios.
O sopro do Senhor acende um lago infernal e onde encontraremos mecanismos ou baldes para apagar esse fogo?
Deus o Juiz. Esse é o nono sermão da série “O Conhecimento de Deus” proferido pelo Pr. Edson Rosendo, no domingo, Dia do Senhor, 4 de fevereiro de 2001. Foi baseado no livro do profeta Naum 1:2, que diz: “O Senhor é Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de ira. O Senhor toma vingança contra os seus adversários e reserva indignação para os seus inimigos.” Nesse texto o profeta Naum alertou para a estrita relação entre o zelo de Deus, sua ira e sua vingança.
O Propósito dessa mensagem é ensinar os crentes a temer e tremer diante do pecado. Há três abordagens na explanação:
Primeiro: O Juizo de Deus é perfeito;
Segundo: O Juízo de Deus sobre os ímpios:
Terceiro: O Juízo de Deus sobre os crentes.

Faça o Dowload do Sermão ou do Texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário